O MUNDO SE
TRANSFORMA

Selo Comemorativo.png

A TRANSPARÊNCIA
SE INTENSIFICA

89255.jpg
Selo Comemorativo.png

O MUNDO SE TRANSFORMA
A TRANSPARÊNCIA SE INTENSIFICA

Vivenciamos um período de extremas mudanças. As transformações estão acontecendo por todos os lados - nas empresas, nas relações, nas tomadas de decisão e no escalar dos negócios. Em meio a esse cenário de transformação, o Prêmio ANEFAC.FIPECAFI - Troféu Transparência comemora suas Bodas de Prata.

 

Com o tema “O mundo se transforma, a Transparência se intensifica” reforçamos a mensagem que vem sendo amplamente discutida no mercado. A transparência gera valor, não é mais um diferencial (e sim uma exigência!) e dá luz a novos conceitos de sustentabilidade e valores sociais, que agregam cada vez mais valor aos negócios perante seus stakeholders.

Neste cenário, levar a nossa bandeira de transparência e disseminar o nosso propósito a mais pessoas, se tornou ainda mais necessário. Os 25 anos da premiação vêm confirmar o anseio do mercado por um ambiente de negócios ético, socialmente responsável e sustentável.

HISTÓRIA

O Prêmio ANEFAC.FIPECAFI - Troféu Transparência, foi criado em 1997, idealizado por Álvaro Ricardino, que àquela época cursava o mestrado em Contabilidade e Controladoria na FEA/USP e era diretor de comunicação da ANEFAC, com o objetivo de reconhecer e homenagear as companhias que possuem as melhores práticas de transparência em informações contábeis, publicadas ao mercado por meio de suas demonstrações financeiras.

O Prêmio, que ficou conhecido como o “Oscar da Contabilidade”, é uma iniciativa da ANEFAC com análise técnica da Fundação Instituto de Pesquisas Contábeis, Atuariais e Financeiras (FIPECAFI).

Sendo a única premiação da categoria no Brasil, as ganhadoras são contempladas após análise de mais de duas mil demonstrações financeiras. Entre os critérios para chegar às ganhadoras estão: a qualidade e o grau das informações contidas nas demonstrações e notas explicativas, a transparência das informações prestadas, a qualidade e consistência do relatório de administração e a aderência aos princípios contábeis, no exercício do ano anterior à premiação. A seleção é dividida em duas categorias: companhias com receita líquida acima de R$ 8 bilhões e com receita líquida até R$ 8 bilhões.

​           

Para concorrer ao Prêmio não há inscrição. A regra é seguir as melhores práticas contábeis, num esforço para apresentar o conjunto de informações mais objetivas para o mercado.