Artboard 1.png

MÊS DE PREVENÇÃO CONTRA
O CÂNCER DE MAMA

Câncer de mama cresce no Brasil e diagnóstico precoce é essencial para controle ou cura

O câncer de mama é o tumor maligno mais frequente na população feminina. Conscientizar as mulheres sobre a importância de conhecer as técnicas de autoexame das mamas, check-ups regulares e mamografia são essenciais para poder detectá-lo a tempo.

A importância do diagnóstico precoce do câncer de mama por meio da mamografia e outras técnicas é fundamental, pois alteram o prognóstico da doença e tratamento. O diagnóstico precoce é vital, pois dele dependem as chances de cura, que pode ser de 100% se detectada nos estágios iniciais.

O câncer de mama é o tipo de tumor mais frequente em mulheres no mundo e no Brasil, depois do câncer de pele não-melanoma, e corresponde a 28% dos novos casos de câncer. A OMS estimou 2,1 milhões de novos diagnósticos e 627 mil mortes em decorrência do câncer de mama no mundo. No Brasil, foram previstos 59,7 mil novos casos da doença, que é a primeira causa de mortalidade por câncer em mulheres.

Prancheta 2.png
close-up-person-with-awareness-ribbon.jpg

  • Inchaço de toda ou parte de uma mama (mesmo que não se sinta um nódulo)

  • Irritação de uma parte da mama

  • Dor na mama ou mamilo

  • Inversão do mamilo

  • Eritema (vermelhidão) na pele

  • Edema (inchaço) da pele

Quais são os sintomas?

Quais são os tratamentos curativo e paliativo?

O risco de mortalidade por câncer vem diminuindo consideravelmente nas últimas duas décadas. Para isso, é importante a detecção precoce de um tumor, o que garantirá o combate à doença com maior probabilidade de cura. Dependendo do tipo de câncer, seu estágio e estado de saúde do paciente, diferentes técnicas e tratamentos podem ser usados:

  • Cirurgia

  • Radioterapia

  • Quimioterapia

  • Imunoterapia

  • Terapia hormonal

  • Terapia genética

Quais são os cuidados necessários para a prevenção?

A mulher deve aprender a conhecer bem seu corpo. Os especialistas recomendam que todas as mulheres com mais de 20 anos realizar um autoexame das mamas todos os meses e que exames de mamografia sejam feitos de forma regular.

Como fazer o autoexame?

  • Fique na frente de um espelho com os braços para baixo e verifique se os seios continuam com o tamanho e a forma habituais, se a pele está lisa e sem rugas ou rugosidades e se a borda inferior é regular.

  • Levante lentamente os braços até ficarem na vertical e observe se você encontra diferenças perceptíveis entre os dois seios (como depressões na pele) ou nas axilas.

  • Com os braços levantados, vire o corpo e verifique se não há alterações no perfil dos seios.

  • Para prosseguir com a palpação, você deve estar deitado. Imagine que seu seio está dividido em quatro partes ou quadrantes. Examine sucessivamente os quatro quadrantes de cada mama da seguinte forma:

  • Lado esquerdo: Deitada na cama, levante o braço esquerdo e coloque a mão sob a cabeça e com a mão direita, dedos juntos e esticados, palpe os quatro quadrantes sucessivamente.

  • Lado direito: Levante o braço direito e com a mão esquerda sinta os quatro quadrantes do seio direito. Explore as axilas cuidadosamente com as pontas dos dedos ligeiramente curvadas.

Como prevenir?

Ao menos 30% de todos os casos de câncer podem ser evitados com mudanças no estilo de vida, segundo o Instituto Nacional de Câncer (Inca):

-Priorizar o consumo de alimentos naturais

-Manter o peso ideal de acordo com a idade e altura

-Incluir pelo menos 150 minutos de atividade física por semana

-Fazer escolhas saudáveis no dia a dia e valorizar as refeições caseiras e a prática de cozinhar pode estimular o consumo de mais alimentos in natura e minimamente processados.

-Evitar ou reduzir o consumo de bebidas alcoólicas

-Inclusão do exercício físico como parte da rotina diária, limitando os hábitos sedentários, como passar muito tempo assistindo televisão e usando o celular ou o computador.

-A Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda de 150 a 300 minutos, no mínimo, de atividade aeróbica por semana para adultos saudáveis e uma média de 60 minutos por dia para crianças e adolescentes.

-Exercícios aeróbicos, como caminhada, corrida, ciclismo, e natação, podem trazer benefícios para a saúde do coração. A lista também conta com modalidades como o surfe, o skate e a dança, além de treinos envolvendo subir e descer escadas e pular corda.