top of page

A outra face – Golpe nas redes sociais

Fique atento, criminosos estão criando sósias online para enganar pessoas.


Nos últimos meses passei por uma situação digna do filme clássico dos anos 90 chamado: A Outra Face, de John Woo. Apenas para contextualizar para quem não assistiu ao filme, o agente do FBI Sean Archer, interpretado por John Travolta, passa por uma cirurgia para trocar de rosto com o vilão, para se infiltrar em uma gangue, porém nesse meio tempo, o terrorista Castor Troy, interpretado por Nicolas Cage, que agora está com o rosto do herói assume seu lugar no FBI, e de sua família.


Para não dar spoiler vou parar por aqui, mas se ficou interessado recomendo que assista o filme, vale a pena.


Nicolas Cage e John Travolta no filme “A Outra Face” de John Woo


Voltando ao caso, foram criados perfis no Instagram e Facebook, que replicaram todo o meu conteúdo, porém usando outro nome: “Natalia Guseva”, informando que a suposta Natalia morava em Londres, e que se tratava de uma trading especializada. Todo o conteúdo era feito em inglês e o golpe consistia em usar a minha imagem para atrair pessoas com a intenção de depositar dinheiro para essa suposta “Natalia” que prometia lucros altos em pouco tempo utilizando criptomoedas.





Para o perfil parecer mais real, além das minhas fotos, possivelmente ela pegava fotos de outros perfis, como por exemplo, uma família que tinham acabado de comprar uma casa, usava essa foto colocava um texto dizendo que estava muito feliz por ter ajudado a realizar mais um sonho de seus clientes. Esse é apenas um exemplo de vários que ela postava em suas redes sociais, distorcendo completamente a realidade.


Vale lembrar que esses tipos de golpes não acontecem apenas no Instagram e Facebook, infelizmente praticamente todas as redes sociais também são usadas por criminosos. Por isso é importante conhecer os tipos de golpes e as formas de como se prevenir.


Abaixo um resumo dos principais golpes e formas de se proteger:


· Catfish (ou 'Scam Romance')


Vou iniciar pelo que eu passei, que pode ser classificado como um Catfish (ou 'Scam Romance'), é justamente o golpe que pessoas criam perfis falsos em redes sociais para enganar usuários, eles utilizam fotos de pessoas de outros países, seja em redes sociais ou mesmo no google, e montam um perfil completamente falso e fazem algumas postagens para dar a veracidade necessária e conseguir os primeiros seguidores.

Depois que esses seguidores já estão confortáveis com esse perfil falso, o golpe pode variar, eles podem vender formas milagrosas de ganhar dinheiro, divulgar cursos entre outras.


Outra forma é mandar “directs” para os seguidores pedindo dinheiro, com uma história que comova a vítima ou mesmo a promessa de um encontro amoroso com o seguidor.

Muitos golpistas são mais agressivos e enviam mensagens ameaçando possuir fotos intimas da vítima, e se ela não fizer um pagamento o mais rápido possível, ele irá divulgar na internet para todos os contatos da vítima.


Para não cair nesses golpes a dica é, pesquise o nome do perfil e as fotos da pessoa no Google (atualmente o Google já possui uma ferramenta de pesquisas por imagens). Como os golpistas usam imagens e informação falsas, é bem provável que você encontre na pesquisa e desmascare a pessoa. Caso seja um curso ou alguma oportunidade de dinheiro, tente marcar uma conversa por vídeo para confirmar se é a pessoa mesmo. E mais importante, tenha garantias antes de mandar dinheiro, a recomendação é nunca mandar dinheiro para desconhecidos.


Os golpistas usam imagens e informações de outros usuários, geralmente com boa aparência, para atrair as vítimas.


· Propostas falsas de trabalho


Com a crescente taxa de desemprego mundial, muitos golpistas aproveitam do desespero das pessoas e criam ofertas de trabalho falsas e as divulgam no Instagram, assim conseguindo informações pessoais da vítima sem levantar muita suspeita.

Antes de mandar qualquer informação para uma vaga de emprego, o ideal é que você procure as páginas oficiais das empresas mencionadas e verifique se realmente há uma vaga aberta ou algum processo de recrutamento acontecendo. Caso exista a vaga ou esteja acontecendo o recrutamento sempre escolha por enviar suas informações pelos canais oficiais da empresa.


· Sorteios falsos


Não é incomum que uma empresa realize sorteios, com o intuito de conseguir mais engajamento nas redes sociais, e aumentar o número de seguidores, porém fique atento, pois alguns golpistas podem criar perfis falsos de empresas, com promoções falsas para recolher dados pessoais. O golpista te envia a mensagem falando que supostamente você ganhou o sorteio e pede dados pessoais, como e-mails, endereço, telefone, documentos, entre outras informações, para “enviar o prêmio”.

Para se proteger o primeiro passo é verificar se realmente é o perfil oficial da marca, dependendo do tamanho da empresa ela pode ter o perfil verificado o que daria uma maior confiança. Outro ponto é sempre desconfiar quando te pedirem muitos dados para receber o prêmio, como mais de um número de documento ou pior a foto do documento.


· Promoções boas até demais


Todo mundo gosta de comprar algo barato, porém sempre desconfie quando você está querendo comprar um produto que custa “X” e ele aprece por metade do preço e você ainda ganha outra unidade de brinde. Muitos golpistas criam perfis falsos anunciando produtos conhecidos, por preços muito mais baixos do que seria possível. Em outros casos eles clonam o perfil oficial de uma marca e fazem uma promoção relâmpago, onde você deve realizar o pagamento via PIX o mais rápido possível para aproveitar antes que acabe.


A primeira coisa para se prevenir desse tipo de golpe é sempre ficar atento, como diz o provérbio popular “quando a esmola é demais, o santo desconfia”. Segunda coisa é que atualmente temos muitas formas de checar se um site é confiável, a plataforma Reclame Aqui (https://www.reclameaqui.com.br) é um bom local para checar a loja, o site da Receita Federal permite checar a situação de um CNPJ (https://www.gov.br/receitafederal/pt-br), o Procon de São Paulo possui uma lista de lojas suspeitas (https://sistemas.procon.sp.gov.br/evitesite/list/evitesites.php).


· Golpe da verificação


O golpe é simples, você recebe no seu e-mail ou via “Direct” uma mensagem informando que alguém tentou fazer um acesso não autorizado a sua conta. O texto terá um link para você redefinir sua senha o mais rápido possível, porém o golpista envia um link que irá te direcionar para uma página falsa, que irá coletar o seu usuário e senha atual. A mensagem pode vir de várias formas, mas sempre contém um link para a vítima digitar dados pessoais ou senhas.


A dica nesse caso é ter atenção com a “URL”, o endereço que você é direcionado, se o site possui uma conexão segura. Caso desconfie, mude a senha pelo aplicativo do Instagram, não use o link enviado por mensagem ou e-mail.


· Dicas gerais de segurança


Infelizmente eu poderia listar muitas outras formas de golpe, mas a verdade é que não teria fim, sempre haverá um golpe novo a ser explorado. Porém existem dicas de segurança simples que podem ajudar bastante para evitar uma dor de cabeça.


1. Não utilize as mesmas senhas para todos os serviços, se alguém conseguir descobrir essa única senha ele terá acesso a todos os seus serviços.

2. Crie senhas fortes, que tenham caracteres especiais, números, maiúsculas e minúsculas na mesma senha, isso dificulta em muito alguém descobrir.

3. Troque com frequência as suas senhas, não é incomum vermos notícias de vazamento de senhas de algum serviço, se você não segue a dica 1 ainda, é mais importante seguir essa recomendação.

4. Existem muitos serviços que possuem a autenticação de dois fatores, nada mais é que adicionar um ou mais fatores de segurança que podem variar dependendo do serviço, por exemplo quando você vai sacar dinheiro em um caixa eletrônico, além da senha ele pede algumas letras ou em alguns casos as digitais, esses são outros fatores de segurança. É altamente recomendado usar fatores adicionais de segurança quando estiver disponível a opção no serviço;

5. Cuidado ao utilizar redes de wifi públicas. Se você não tem certeza quem provê o serviço em um wifi público, tome cuidado pois seus dados podem ser interceptados. Se possível opte pela rede do seu celular, seja 4G ou 5G.


Muitas dessas dicas você deve ter olhado e pensado, todo mundo já sabe, mas você se lembra a última vez que trocou as suas senhas?


E uma última informação importante, se você descobrir um perfil falso, denuncie. A maioria das redes sociais possuem formas simples de denúncias e não se preocupe, geralmente a denúncia é feita de forma anônima. Esta é uma das poucas ferramentas que temos para tentar acabar com esse tipo que golpe.


Após diversas denúncias, no Instagram e no Facebook, consegui que o perfil falso fosse finalmente removido.


Artigo escrito por Lilian Primo Albuquerque, vice-presidente de tecnologia da ANEFAC

37 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page