REGULAMENTO

1.0     DO PRÊMIO

     1.1     Visando estimular o desenvolvimento da Transparência nas companhias, a ANEFAC (Associação Nacional dos    Executivos de Finanças, Administração e Contabilidade) instituiu o Troféu Transparência – Prêmio ANEFAC-FIPECAFI-SERASA EXPERIAN. 

     1.2     O Prêmio é realizado pela ANEFAC com análise técnica da FIPECAFI - Fundação Instituto de Pesquisas Contábeis, Atuariais e Financeiras e patrocínio da Serasa Experian. 

 

2.0     DOS TRABALHOS E DAS CATEGORIAS

     2.1     Não há inscrições, concorrem ao Troféu Transparência – Prêmio ANEFAC-FIPECAFI-SERASA EXPERIAN - todas as companhias, ou seja, as Sociedades Anônimas, de capital aberto ou não, sediadas em território nacional, que publicam suas demonstrações financeiras, com atuação nas áreas de comércio, indústria e serviços - exceto serviços financeiros são candidatas.

     2.2     As demonstrações financeiras utilizadas para avaliação são aquelas publicadas, conforme determina a Lei das S.A. e deverão conter as seguintes informações:

        2.2.1     Balanço patrimonial

        2.2.2     Demonstração do resultado do exercício

        2.2.3     Demonstração do resultado agregado

        2.2.4     Demonstrações das mutações do patrimônio líquido

        2.2.5     Demonstração dos fluxos de caixa

        2.2.6     Notas explicativas

        2.2.7     Demonstrações comparativas

        2.2.8     Relatório da Administração

        2.2.9     Relatório dos auditores independentes

     2.3     O Troféu Transparência - Prêmio ANEFAC-FIPECAFI-SERASA EXPERIAN - será concedido em duas categorias:

        2.3.1     Companhias com Receita Líquida acima de R$ 5 bilhões

        2.3.2     Companhias com Receita Líquida até R$ 5 bilhões

     2.4     O Prêmio não leva em consideração os resultados e a situação econômico-financeira das companhias, os quais não interferem no processo de seleção, mas sim a transparência e a clareza das informações prestadas pelas companhias ao mercado, que geram valor agregado ao negócio. O Prêmio não avalia a gestão das companhias, mas a qualidade das demonstrações financeiras apresentadas. 

     2.5      A demonstração financeira, analisada pela comissão julgadora, é aquela correspondente ao ano em que a premiação acontece, não sendo avaliadas as demonstrações dos anos anteriores daquela companhia.

3.0     DA SELEÇÃO

     3.1     Para ser selecionada a receber o Troféu Transparência - Prêmio ANEFAC- FIPECAFI-SERASA EXPERIAN serão analisados:

        3.1.1     Qualidade e grau das informações contidas nas demonstrações financeiras e notas explicativas

        3.1.2     Transparência das informações prestadas

        3.1.3.    Clareza do Relatório da Administração e sua consistência com as informações divulgadas

        3.1.4.    Aderência integral às Normas Contábeis 

        3.1.5.    Não apresentar modificações (ressalvas) no relatório dos auditores independentes

        3.1.6.    Apresentação da divulgação quanto a layout, legibilidade, concisão, clareza, etc.

        3.1.7.    Divulgação de aspectos relevantes, mesmo que não exigidos legalmente, mas importantes para o negócio como: Ebitda, valor econômico agregado, balanço social e ambiental, etc.

     3.2     São selecionadas as ganhadoras divididas em duas categorias, conforme item 2.3, na quantidade máxima de 25 empresas selecionadas.

 

4.0     DO JULGAMENTO A COMISSÃO JULGADORA

     4.1     Na primeira fase, os alunos do curso de Mestrado e Doutorado em Controladoria e Contabilidade da FEA/USP, orientados por professores da Universidade de São Paulo (USP), analisam as demonstrações financeiras, avaliando os quesitos técnicos preestabelecidos, para que sejam consideradas transparentes. 

     4.2     Em ambiente acadêmico, sob supervisão, os alunos avaliam as demonstrações financeiras e indicam as que atendem aos pré-requisitos do Prêmio, justificando suas escolhas; da mesma forma, indicam as demonstrações que devem ser eliminadas com as devidas argumentações. Essa avaliação é realizada em diversas etapas, até chegar à seleção das companhias indicadas como candidatas a vencedoras do Troféu Transparência. 

     4.3     Dentre as companhias indicadas ao Prêmio, a Comissão Julgadora fará a escolha das ganhadoras do Troféu Transparência, divididas nas 2 (duas) categorias. 

     4.4     A fase final, compreende a eleição de um destaque em cada categoria, cujos nomes são divulgados somente na cerimônia de entrega do Troféu Transparência. 

        4.5     A comissão julgadora do Troféu Transparência é formada por experts na área contábil, são eles:

        4.5.1     Ariovaldo dos Santos

        4.5.2     Eliseu Martins 

        4.5.3     Bruno Salotti

        4.5.4     Pedro Lucio Siqueira Farah

        4.5.5     Sérgio de Iudícibus

 

5.0     DA PREMIAÇÃO E DO EVENTO 

     5.1     Ao receber da comissão julgadora o nome das ganhadoras, a ANEFAC envia um comunicado as companhias, que, em seguida receberão um certificado concedendo o Troféu Transparência daquele ano. 

     5.2     Já o Troféu é entregue a cada uma das companhias ganhadoras durante uma cerimônia, realizada em São Paulo, em data a ser definida pela ANEFAC.

     5.3     A ANEFAC entregará, na ocasião da premiação, um troféu para o representante da empresa e outro para o contador que assinou o balanço.

ANEFAC

R. 7 de Abril, 125 - Cj 405 - República,

São Paulo - SP, 01043-000

Telefone(11) 2808-3200

E-mail: eventos@anefac.org.br